O Rio de Janeiro completa 451 anos hoje!!!!!!!!!

E se preparem que vai ter muita comemoração na cidade esse final de semana. O Circuito Cultural Carioca, idealizado pela Secretaria Municipal de Cultura, levará mais de 30 atrações com entrada gratuita ou a preços populares, para diversos pontos da cidade. São shows, apresentações de teatro, dança e exposições, além de diversas atrações para a criançada!!

Vamos lá?

____________________________________________________________________________________________________

show

BAILE DA CIDADE MARAVILHOSA. A Arena Abelardo Barbosa Chacrinha (Rua Soldado Elizeu Hipólito 138, Guaratiba) promove um baile carnavalesco pra celebrar os 451 anos do Rio. 16 anos. Arena Carioca . Sábado (5), 20h. Grátis.

CIRCUITO SAIDEIRA MUSICAL. A cantora Eliana Pittman sobe ao palco do Centro da Música Carioca Artur da Távola (Rua Conde de Bonfim 824, Tijuca) para noite de jazz e bossa-nova na sexta (4), às 19h30. No mesmo dia, a cantora Luciana Coló homenageia Kid Morengueira e o samba de breque, às 18h, no Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica (Rua Luís de Camões 68, Centro), e repete a dose sábado (5), às 19h30, no Centro da Música Artur da Távola. R$ 1.

A COR DO SOM. Sucesso absoluto de público nos anos 70 e 80, o grupo está de volta com sua formação original. Pioneiro na fusão de ritmos brasileiros com a linguagem do rock, o grupo de Mú Carvalho (teclados), Dadi (baixo e guitarra), Armandinho (guitarra, bandolim e guitarra baiana), Gustavo Schroeter (bateria) e Ary Dias (percussão) apresenta sucessos como “Zanzibar”, “Beleza Pura”, “Menino Deus”, “Semente do Amor” e “Abri a Porta”, entre outras. 16 anos. Imperator – Centro Cultural João Nogueira (Rua Dias da Cruz 170, Méier). Sexta (4), às 21h. R$ 60.

CURVEX. O grupo reúne cantoras, musicistas e compositoras de diferentes lugares do Brasil. No repertório, músicas próprias e releituras inusitadas. Com Adriana Soares (guitarra), Ana Sucha (bateria), Clara Valente (piano), Tamara Janson (baixo), Fernanda Vaz (flauta) e Gisa Pithan (violão). Na voz, Lica Tito, Luciane Dom, Mari Blue, Roberta Spindel, Vanessa Longoni e Dani Calazans. Livre. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas (Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa). Sábado (5), 17h. Grátis.

LINIKER. Projeto musical que conecta a black music e o soul à música contemporânea brasileira, com composições autorais em português que trazem como tema central as relações e o amor. Com arranjos que mostram uma guitarra funkeada, baixo, bateria swingada e sopros, Liniker apresenta as músicas dançantes de seu EP de lançamento, “Cru”. 16 anos. Imperator – Centro Cultural João Nogueira (Rua Dias da Cruz 170, Méier). Sexta (5), 21h. R$ 50.

LOGARITMO INSTRUMENTAL. Com uma sonoridade que vai do samba de partido alto até o jazz, passando por ritmos latinos, baião e frevo o grupo embala o público com Guilé Santos (baixo), Will Marinho (sax), Otávio Carvalho (teclado), Luiz Janela (guitarra), Daniel Novais (bateria) e Kaká Nomura (percussão). Livre. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas (Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa). Domingo (6), 17h. Grátis.

LUCAS & ORELHA. Dentro da programação do projeto Jovens Tardes, a dupla Lucas & Orelha apresenta seu funk melody. Livre. Arena Carioca Jovelina Pérola Negra (Praça Ênio s/nº, Pavuna). Domingo (6), 18h. Grátis.

NELSON SARGENTO. O baluarte mangueirense celebra os 90 anos com uma turnê que celebra um dos maiores nomes do samba carioca. Na companhia do grupo Galo Preto, revisita sucessos de Cartola e outros grandes nomes.Participação especial de Pedro Miranda. Livre. Arena Carioca Carlos Roberto Oliveira – Dicró (Parque Ary Barroso, Penha). Sexta e sábado, 20h. Domingo, 19h. R$ 20.

____________________________________________________________________________________________________teatro

CAMARÃO AZUL. Peça futurista sobre uma experiência quântica realizada dentro de uma cápsula espacial com um agente de segurança do governo. Ele vive situações inusitadas e seu comportamento definirá se ele é fiel ao juramento de sacrificar-se ao extremo pelo seu país. Com a Cia. Teatral Fala Baixo que O Breno Está Dormindo, Zeca Richa e Nelson Yabeta. Texto e direção de Rogério Blat. 14 anos. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas (Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa). Sextas e sábados, às 20h, e domingos, às 19h30. R$ 30.

A CASA DOS BUDAS DITOSOS. Depois de reabrir o Teatro Municipal Ziembinski, a peça chega à Arena Carioca Fernando Torres, em Madureira. Dirigido por Domingos Oliveira, o monólogo é inspirado no livro homônimo do escritor João Ubaldo Ribeiro. Em cena, Fernanda Torres dá vida a uma senhora baiana que relembra grandes momentos de sua vida sexual, levando o público a rir e a refletir sobre o moralismo e os costumes. 18 anos. Arena Carioca Fernando Torres (Rua Bernardino de Andrade 200, Madureira). Sexta (4), 20h. R$ 20.

CHABADABADÁ – MANUAL PRÁTICO DO MACHO-JURUBEBA. As crônicas do escritor Xico Sá inspiram o monólogo no qual o ator Marcos França interpreta o radialista Francisco Reginaldo, que dá conselhos amorosos e conta suas aventuras e desventuras, ao som de canções de Wando. Direção de Thelmo Fernandes. Direção musical de André Siqueira. Com Marcos França. 12 anos. Teatro Ipanema (Rua Prudente de Moraes 824 A, Ipanema). Sexta a domingo, às 20h. R$ 40.

CONSCERTO DO DESEJO. O nome do espetáculo é assim mesmo, com “s” e “c”. Poucas palavras se confundem tanto em nossa língua quanto “concerto” e “conserto”. As duas palavras se mesclam vertiginosamente neste monólogo existencial estrelado por Matheus Nachtergaele. Ao lado de Luã Belik (violão) e Henrique Rohrmann (violino), o ator leva ao palco poemas escritos por sua mãe, Maria Cecília Nachtergaele, que morreu em 1968, quando ele tinha apenas 3 anos. 16 anos. Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto (Rua Humaitá 163, Humaitá). Sexta a domingo, 20h30. R$ 40.

NADA MENOS QUE MUITO. A peça celebra os seus 10 anos de carreira do dramaturgo carioca Jô Bilac. Com direção e adaptação de Roberto Lima e Dudu Gama, a montagem explora a temática da cidade, com um aspecto comum em todas as histórias: o homem contemporâneo atravessado por suas neuroses, medos e desejos. Com Alda Pessoa, Araci Breckenfeld, Fernanda Báfica, Mariana Queiroz e elenco. 16 anos. Teatro Municipal Maria Clara Machado (Rua Padre Leonel Franca 240, Gávea). Sábado e domingo, 19h30. R$ 20.

OITO DE MARÇO. História da greve que as operárias de uma fábrica de tecidos em Nova York fizeram pela redução da jornada de trabalho. Violentamente reprimidas, as operárias acuadas refugiaram-se nas dependências da fábrica. No dia 8 de março de 1857 os patrões, com ajuda da polícia, trancaram as portas da fábrica e atearam fogo ao prédio, matando 129 tecelãs. Durante a 2ª Conferência Internacional de Mulheres, realizada em 1910, na Dinamarca, a data do massacre foi consagrada como o Dia Internacional da Mulher. Texto e direção de Gilson de Barros. Com Hebe Cabral, Joelma de Paula, Dâmaris Grün, Rita Grego, Dani Rougemount, Rosana Reategui, Márcia Valéria, Eunice Simeão, Marcos Hamelin e Gilson de Barros.14 anos. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas (Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa). Domingos, às 16h. R$ 30.

RIOS DE POESIA. Para celebrar os 451 anos do Rio, o Grupo de Teatro da Arena apresenta o espetáculo Rios de Poesia. Livre. Arena Carioca Abelardo Barbosa Chacrinha (Rua Soldado Elizeu Hipólito 138, Guaratiba). Domingo (6), 16h. Grátis.

COISAS DE BRECHÓ. Com supervisão de Amir Haddad, a peça propõe ao espectador uma verdadeira viagem no tempo. Com canções ao vivo e ação cênica, esta comédia musical presta tributo a artistas como Roberto Carlos, Nélson Ned e Odair José, fazendo um resgate da música romântica brasileira. Direção, concepção e roteiro de Fátima Bernardes Leite. Com Fátima Bernardes Leite, Paola Castilho, Osvan Costa, Cláudio Xerez, Ernesto Rios, Yan Guimarães e Rodrigo Borba. 18 anos. Teatro Municipal Café Pequeno (Av. Ataulfo de Paiva 269, Leblon). Sexta (4) a domingo (6), 20h. R$ 40.

____________________________________________________________________________________________________

danca

NOSSA BOSSA NOVA GENTE. A Cia. de Ballet do Rio de Janeiro apresenta espetáculo inspirado na história da bossa nova e seus expoentes, como Antonio Carlos Jobim, Vinicius de Moraes, João Gilberto, Carlos Lyra, Roberto Menescal, Nara Leão, Ronaldo Bôscoli, Baden Powell e muitos outros. Livre. Imperator – Centro Cultural João Nogueira (Rua Dias da Cruz 170, Méier). Domingo (6), 19h. R$30.

SWING ON SUNDAYS NO CASTELINHO. O grupo Rio Hoppers se dedica a divulgar e desenvolver a swing dance no Rio, com professores, performers e organizadores que reverenciam a cultura afro-americana dos anos 20 aos anos 40. O grupo oferece aulas gratuitas de nível iniciante, seguidas de baile. Para praticar e desfrutar o domingo com dança e música. Livre. Centro Cultural Municipal Oduvaldo Vianna Filho – Castelinho do Flamengo (Rua Dois de Dezembro 158, Flamengo). Domingo (6), 14h. Grátis (sujeito a lotação).

____________________________________________________________________________________________________

inf

BAÚ DE BRASIS. Espetáculo infantil de contação de histórias musicadas sobre o folclore brasileiro. O espetáculo alia teatro, história e canções, com instrumentos tocados ao vivo (violão, clarineta e percussão). Com Lídia Quadros (cantora, instrumentista e atriz), Marcelo Santana (ator e diretor) e Daniel Mariano (violonista). Livre. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas (Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa). Domingos, ao meio-dia. Grátis.

ERA UMA VEZ – BEBÊS. Acreditando que os bebês são capazes de se relacionar com diferentes propostas culturais, a mediadora Roberta Consort realiza sessões de leitura de histórias para bebês de três meses a três anos de idade, incentivando a participação dos adultos para familiarizar as crianças com a literatura. Direção, criação e concepção artística de Roberta Consort. Narração de Roberta Consorte. Livre. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas (Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa). Sábados (5 e 19), às 10h. R$ 20.

MIGUEL, O INVISÍVEL. Encerrada a temporada de Leituras Dramatizadas, a produtora Portal 44 apresenta a peça “Miguel, o Invisível”. Com uma linguagem leve, coloquial, o texto aborda o universo infantojuvenil, com temas atuais como o buylling e a diversidade sociocultural. No elenco, jovens talentosos como Miguel Arraes, Karize Brum, Anna Rita Cerqueira, Lucas Cotrim, Vitor Navega Motta e Caio Lucas, entre outros. 10 anos. Teatro Municipal Gonzaguinha.

NEIDE KOCCA. No espetáculo, a atriz, contadora de histórias e arte educadora Neide Kocca vem agregando música do universo infantil à contação de histórias de forma harmônica e divertida, possibilitando aos ouvintes sentir importantes emoções como o bem-estar, o encantamento, a alegria e curiosidade, vividos profundamente a cada narrativa. O evento faz parte do Domingo das Crianças. Livre. Centro da Música Carioca Artur da Távola. Domingo (6), 16h. R$ 20.

ORFEU, O MENINO QUE SONHAVA EM SAMBA. Com direção musical de Rildo Hora, o espetáculo infantil é uma releitura do mito grego adaptada para o universo do samba, na qual Orfeu decide escrever um samba onde declara seu amor à menina Eurídice, mas a inspiração o abandonou. Para piorar, seus melhores amigos estão com ciúmes e sua família não consegue entender sua falta de criatividade. Mas uma borboleta mágica vai ajudá-lo trazendo para os sonhos do menino três grandes nomes do samba, três anjos que vão inspirá-lo. E, ao descobrir que Eurídice está doente, Orfeu vai enfrentar muitas aventuras até reencontrar-se com a amada. Texto e direção de Andréa Cevidanes. Com Aron Costa, Felipe Arouca, Fernando Fernandes, Isabela Rangel, Lucas Ferraz, Mariah Dantas, Rafael Lima, Fernanda Cezar e Nelson Borges. Livre. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas (Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa). Domingo (6), 11h. R$ 30.

PAMONHA E PANACA. Dois amigos inseparáveis, sem rumo na vida, travam uma disputa: um quer ser melhor que o outro. Nesse duelo cômico, eles desenvolvem um relacionamento absurdo, onde impera o individualismo e o imediatismo, agravando a situação. A peça é uma crônica burlesca sobre o comportamento humano no exercício do poder, por menor que ele seja. Em cena, Ricardo Blat e Nelson Yabeta incorporam dois palhaços que tentam sobreviver sem esforço. Texto e direção de Rogério Blat. Livre. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas (Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa). Sábado, 16h. R$ 30.

PALAVRA VIVA. O grupo Manguinhos Em Cena conta histórias teatralizadas e estimula o hábito da leitura em crianças e adolescentes. Apresentando autores nacionais às crianças e aos adolescentes, o grupo perpetuaa tradição da transmissão oral. Livre. Centro Cultural Municipal Laurinda Santos Lobo (Rua Monte Alegre 306, Santa Teresa). Sábado (5) e domingo (6), 15h. Grátis.

____________________________________________________________________________________________________

expo

CALUNGAS. O gravurista Marcos Varela apresenta parte da série Calungas, desenvolvida a partir de 2013. Entre os vários significados da palavra, além de bonecos do maracatu nordestino, encontramos também: “pessoas de tamanho reduzido, pessoas pequenas e por extensão, pessoas não importantes”. O título remete tanto às pequenas dimensões das xilogravuras como às figuras, que são traçadas em gestos expressivos e precisos, onde o insólito se revela de maneira direta e sintética. Abertura no domingo (6). Livre. Centro Cultural Municipal Laurinda Santos Lobo (Rua Monte Alegre 306, Santa Teresa). Terça a domingo, das 10h às 19h. Grátis.

CARLOS SCLIAR – DESENHOS DE GUERRA. Nesta retrospectiva, o gravurista e pintor que aliou a geometria às naturezas mortas apresenta uma faceta menos conhecida de sua produção. Combatente da Força Expedicionária Brasileira na 2ª Guerra, Scliar fez uma série de desenhos sobre a sua participação no conflito. Livre. Memorial Municipal Getúlio Vargas (Praça Luís de Camões s/nº). Terça a domingo, 10h a 17h. Grátis.

FERNANDO LINDOTE: TRAIR MACUNAÍMA E AVACALHAR O PAPAGAIO. Exposição com cerca de 180 obras do gaúcho Fernando Lindote. Com curadoria de Paulo Herkenhoff e cocuradoria de Clarissa Diniz e Leno Veras, a mostra, traz desenhos, ilustrações, pinturas e esculturas do acervo e autoria de Lindote e também assinadas por outros artistas, como J. Carlos, Albert Eckhout, Victor Brecheret, Maria Martins e Glauco Rodrigues. O ponto de partida da mostra é o início da experiência de Lindote como aluno do cartunista Renato Canini (principal ilustrador brasileiro do personagem da Disney Zé Carioca). Livre. Museu de Arte do Rio. Terça a domingo, das 10h às 18h. R$ 10.

NADA ACABARÁ, NADA AINDA COMEÇOU. O artista Raul Leal utiliza na exposição material ligado a eventos músicais ocorridos no Palácio do Catete e no país, tendo a figura de Nair de Teffé como fio condutor. Traçando paralelos entre esses eventos, criando atritos e conexões, a mostra não pretende exibir respostas, mas sim criar perguntas e questionamentos. Serão apresentados trabalhos em pintura, texto e vídeo, formando uma instalação que ocupará todo o espaço da galeria do centro cultural. Livre. Centro da Música Carioca Artur da Távola (Rua Conde de Bonfim 824, Tijuca). Terça a domingo, das 10h às 18h. Grátis.

PASSEIO DAS BARATAS. E se pudéssemos olhar o mundo com outros olhos, muito, muito antigos? E se este outro olhar nos permitisse ver a nós mesmos de um modo muito diferente? E se o tempo deixasse de ser uma preocupação? Os artistas do coletivo Superflex convidam os visitantes do Museu do Amanhã para uma aventura inusitada pelos espaços do Museu, na qual a exploração dos Amanhãs possíveis é feita a partir da perspectiva de um bichinho que costuma nos pregar grandes sustos, mas que já assistiu os dinossauros chegarem e partirem, e compartilha conosco a capacidade de viver em todos os lugares do planeta. Livre. Museu do Amanhã (necessário agendamento). Sábado (5) e domingo (6), às 11h e às 15h. R$ 10.

PASSINHO CARIOCA – O REGISTRO DE UMA HISTÓRIA. Na exposição de fotografias, o público pode ver fotos de meninos e meninas das favelas do Rio que dançam e representam o “Passinho”. Os registros foram feitos pelos fotógrafos Douglas Jacó e Thiago de Paula, ex-alunos do Curso de Fotografia da Central Única das Favelas (Cufa). Livre. Arena Carioca Carlos Roberto de Oliveira – Dicró (Parque Ary Barroso, Penha). Terça a sexta, 13h às 21h. Sábados, domingos e feriados, 10h às 21h. Grátis.

O POEMA INFINITO DE WLADEMIR DIAS-PINO. Com curadoria de Evandro Salles, a mostra reúne mais de 800 peças entre livros, cartazes, objetos, fotografias, desenhos, vídeos e instalações para contar a história de quase 90 anos de Wlademir Dias-Pino – seus diversos focos de trabalho, a atuação política na fundação da Universidade da Selva (hoje Universidade Federal do Mato Grosso) e a intensa atividade como teórico do design e programador visual. Abertura no dia 1º de março, às 16h, com a presença do artista para uma conversa. Livre. Museu de Arte do Rio. Terça a domingo, das 10h às 17h. R$ 10.

RIO SETECENTISTA, QUANDO O RIO VIROU CAPITAL. Exposição que traça um panorama das transformações ocorridas durante o século 18, época em que cidade se tornou a capital do Vice-Reino do Brasil. A descoberta das minas de ouro no país, as invasões francesas, a execução de Tiradentes são momentos fortes desse processo e estarão retratados na exposição. São cerca de 700 peças – incluindo vasta documentação, objetos da época, ilustrações, pinturas, artefatos religiosos e obras de arte contemporânea. Livre. Museu de Arte do Rio. Terça a domingo, das 10h às 17h. R$ 10.

TIRADENTES CULTURAL. A primeira edição de 2016 comemora as águas de março que fecham o verão. Contaremos com performance dos alunos da escola de dança do CCC, Trio Lu Fogaça, artistas da distribuidora Descole Música, DJ, Oficina de máscara com sucata e a feira gastronômica com produtos de até 22 reais. Livre. Praça Tiradentes. Sábado (5), 14h às 21h. Informações em facebook.com/tiradentescultural.

____________________________________________________________________________________________________

Ufa! É isso!!! Tem para todos os gostos e bolsos!!!

Parabéns, meu Rio!

Beijos,
Nanda.

FELIZ ANIVERSÁRIO, RIO!
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *